Search
Close this search box.

Andragogia o caminho para educação de empreendedores

andragogia

Compartilhe este post

Primeiramente quero deixar claro que este artigo fala um pouco sobre como nós nos moldamos para ensinar nossos clientes que são ADULTOS para terem um caminho melhor para empreenderem.

Porém, TODOS aqueles que ensinam algo a alguém, deveria estudar sobre estes pontos também. Principalmente os criadores de cursos online. Não se trata apenas de gerar uma informação, mas conduzir o aprendizado.

Então, temos mais prática interna deste assunto aqui na empresa. Este artigo é um compartilhamento para nosso repertório.

 

Aqui na Borelli Academy o nosso método de ensino é andragógico e heutagógico, mas com pitadas de pedagogia.

 

Os 3 Caminhos para o conhecimento

Heutagogia – você professor(a) de si mesmo. Quem tem o hábito de estudar por si só, conhecido também como o autodidata, tem seu próprio método de autoeducação. Tem seus pontos positivos como: autonomia na escolha do que aprender, maior concentração, maior retenção do conhecimento, mais disciplinado(a). Mas em contrapartida, precisa de contraste no aprendizado para validar o que está aprendendo. Por isso, é importante variar entre o estudo sozinho(a) para outras formas como aprendizados em grupo e com especialistas. Se não você pode se tornar muito egoico(a) no aprendizado – caindo na MALDIÇÃO DO CONHECIMENTO. No meu caso, sou muito autodidata. Todos precisam aprender a ser heutagógicos.

Pedagogia – a criança é conduzida no aprendizado. A criança não tem muita autonomia para o que quer aprender, exceto em métodos que incentivam a autonomia do aprendizado. Mas, aqui é mais para entendimento que é um aprendizado conduzido praticamente 100%. Neste ponto o aluno(a) fica dependente do tutor muitas vezes.

Andragogia – o adulto escolhe aprender aquilo que o auxilia no avanço da sua vida. Porém, não é possível a condução 100% desta educação, pois é necessário preparar o adulto para ser interdependente. Então os métodos andragógicos, são estruturados para dar autonomia, direção e heutagogia ao cliente.

 

Formas de acessar o conhecimento

Conhecimento Teórico – presencial ou EAD – a parte filosófica do conhecimento está em livros, em sites, fora da internet ou na internet. O EAD que significa educação a distância, talvez já até o termo deveria ser reformulado. Porque você acessa informações online ou offline. De qualquer forma a teoria é essencial para o aprendizado. Pois nela contém a estruturação da informação. O problema não está na teoria, mas o não uso devido da teoria na prática.

Conhecimento Prático – aqui gostamos de falar: TIRAR DO COLO. Aprendeu? Precisa praticar? Tira do colo.

A prática do que se aprende é essencial.

Conhecimento Empírico – é a vivência da experiência de outros lugares, pessoas. Na minha humilde opinião de educadora e aprendiz que sou, os três são essenciais, juntos criam uma força, isolados não têm o mesmo resultado. Por isso existem os estágios profissionais em empresas. 

Conhecimento Sistêmico – este é o que mais ensinamos por aqui. O conhecimento sistêmico não é apenas o conhecimento por si só, mas está organizado, de forma que cria uma nova forma de pensamento do aluno(a), gerando a Metanóia (uma nova forma de pensamento resultante de um aprendizado – mudança de mentalidade).

 

Modo de acessar o conhecimento:

Sozinho(a) – sendo heutagógico/autodidata;

Grupos – participar de momentos de aprendizado em grupos, auxilia na inteligência social, pois você pode ter percepções diferentes de um assunto. Isso enriquece o seu repertório e ajuda a criar analogias para explicar para outras pessoas (muito indicado para quem ensina também). 

Especialistas – o especialista é omo uma fonte de um conhecimento específico. O problema é você ficar “hipnotizado” pela pessoa. Por isso, é bom, pelo menos ter a perspectivas de mais de um especialista, para você acessar o que precisa aprender, praticar e seguir a sua vida. Muitos especialistas compartilham conteúdos online, assim como estamos fazendo, porém, o que é compartilhado é uma parte do que o mesmo(a) sabe. Por isso, são profissionais que custam mais caros suas prestações de serviços, como consultoria ou mentoria.

É muito rico os três modos. Tente sempre praticar os três.

 

Pirâmide de Willian Glasser

A informação está em diversos formatos: texto, áudio, vídeo. A pirâmide de Willian Glasser fala sobre essa hierarquia e qual a melhor forma para absorvermos mais o conhecimento. Para algumas pessoas funcionam mais, para outras menos, mas é importante variar nas escalas. Aqui na Borelli Academy variamos a forma em nossos ensinos.

Pirâmide de Willian Glasser

 

Curva de Aprendizagem

A regra é simples: quanto mais tempo você se envolve com um assunto, mais proficiência você tem nele.

Isso significa que é a soma da teoria+prática=expertise. 

Você só sabe o que uma coisa é, quando você vive o que você sabe.

Quando você opta pela heutagogia, você pode levar mais tempo para aprender sobre algo. 

Quando você opta por um especialista, você diminui a curva de aprendizado, pois você acessa a informação na fonte, estando mais apto para praticar. Ou seja, com um(a) tutor(a) o aprendizado é mais rápido. Porém, nada substituí a sua prática no assunto aprendido.

Aqui na Borelli Academy temos o acompanhamento andragógico como opção aos clientes que desejam velocidade nos seus aprendizados, fazemos isso através de Mentoria.

 

Curva do esquecimento de Ebbinghaus

A mãe da educação é a repetição.

Nossa cabeça não é um gravador. Por isso para reter o conhecimento é necessário repetição. Isso porque, não apenas criamos memórias de longo prazo com o assunto, mas o nosso corpo grava nas memórias celulares. Aqui na Borelli Academy utilizamos Masterclass com os alunos dos programas, enviamos doses de conteúdo durante a semana e fazemos auditoria. Uma forma de reforçar o que se aprende por aqui.

 

Método PDCA e Mapas Mentais

Como somos uma escola de transformação empresarial e o nosso Core Business é a TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL, todos os nossos métodos são criados no formato PDCA. Isso ajuda na construção de ferramentas que são suporte a prática do que se aprende. Além de criarmos mapas mentais em formato PDCA.

 

pix-de-conteúdo
pix-de-conteúdo

 

 

 

Deixe um comentário

Cadastre-se agora!

Se inscreva em nossa NewsLetter

Fique atualizado(a) e por dentro de tudo o que acontece nos negócios

Outras postagens

Circuito das Habilidades (Skills)

Estamos na Era da Inteligência Artificial, mas precisamos nos lembrar que temos a nossa Inteligência Natural a ser moldada.  Mas, para moldar a nossa Inteligência

Empreendedorismo na Maturidade

‘Corpo não é o mesmo, mas a mente nunca definha’   Segundo o levantamento feito pelo Sebrae, a partir dos dados da Pesquisa Nacional por

Borelli Academy

Tem alguma dúvida? Fale com a gente.