Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Artigos

Organograma
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Organograma

Daniel McCallum o pai do organograma

A tendência à sistematização dos serviços e à crescente eficiência organizacional levou o engenheiro escocês Daniel McCallum a criar os primeiros organogramas, em 1854, como uma maneira de visualizar facilmente as relações entre os funcionários. Um típico organograma mostra quem deve prestar contas a quem; a seta apontando para baixo indica uma relação de supervisor com supervisionado.

Daniel McCallum

As estradas de ferro norte americanas foram as pioneiras na moderna administração de empresas. Elas tiveram que ser inovadoras em vários aspectos, pois foram as primeiras empresas funcionado com economias de escala, em termos de recursos humanos, materiais e financeiros. Assim, seus administradores se viram forçados a desenvolver métodos básicos de comunicação e controle, indispensáveis para o funcionamento da moderna empresa comercial.


O primeiro boom ferroviário dos Estados Unidos teve início em fins da década de 1840, entre o começo da corrida do ouro e o início da Guerra da Secessão.

Daniel Craig McCallum (1815-1878) foi um engenheiro que definiu as bases para o gerenciamento de ferrovias. Nascido na Escócia, migrou com sua família para Nova York quando ele era um garoto. Trabalhou como carpinteiro e engenheiro, até se tornar superintendente da New York & Erie Railroad, em 1850.


McCallun foi o primeiro a formular os princípios da moderna administração de empresas e a indicar os tipos de dados necessários para por em prática esses princípios. Os seis princípios gerais da administração geral, formulados por McCallum, são os seguintes:

1 - Que haja uma divisão por responsabilidades.

2 -  Que se deleguem poderes suficientes para que as responsabilidades possam ser exercidas plenamente, a fim de que tenham caráter real.

3 - Que haja meios de averiguar se essas responsabilidades são fielmente cumpridas.

4 - Que toda negligência dos deveres seja prontamente informada, para logo sanar os problemas.

5 - Que essa informação seja obtida mediante um sistema de notificação e fiscalização diárias que não cause embaraços aos superiores nem lhes diminua a influência sobre seus subordinados.

6 - Que no todo se adote um sistema que não só permita ao superintendente geral detectar erros imediatamente, como também indique o culpado.


A implementação desses princípios exigia uma rigorosa estrutura organizacional, bem como a comunicação entre os níveis dessa estrutura. Foi então criado um diagrama que representava essa estrutura (o organograma). Além disso McCallum definiu formas para o controle de custos.

Esse relato pode ser lido no livro Strategy and structure, de Alfred Chandler, ou no artigo The railroads: the nation's first business (de 1965). E também no livro: A mente organizada.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Organograma

Enviando Comentário Fechar :/